Para reivindicar o seu território marcam as suas vizinhanças com graffiti. Deixam a sua marca em vedações, escolas, passeios, paredes e até em casas de habitação. As áreas onde os gangs se reúnem estão habitualmente cobertas de graffitis, incluindo o próprio asfalto e sinais de trânsito. Por vezes existem pequenos graffitis de gangs rivais e se são pequenos tal facto deve-se ao facto de não quererem correr o risco de serem apanhados numa zona hostil ou então encontram-se em desvantagem numérica no momento.

Diferentes tipos de gangs criam diferentes tipos de graffitis. Tipicamente, os graffiti incluem o nome do gang, alcunhas dos membros, slogans ou símbolos exclusivos ao gang, reivindicação do território e até nomes de gangs afiliados. Os graffitis incluem normalmente ainda ameaças e desafios aos gangs rivais. Porque os membros de gangs rivais vivem por vezes próximos uns dos outros os graffitis podem causar confrontos. Quando um graffiti não é imediatamente removido gangs rivais de passagem irão adicionando os seus ao (s) já existente (s).

Os gangs usam os graffitis para ganhar reconhecimento ou para expressar a sua identidade. Os membros dos gangs são motivados uns pelos outros a fazerem graffitis de modo a demonstrar a sua lealdade para com o gang a que pertencem. Por vezes novos membros ou associados recebem ordens dos seus superiores no gang para fazerem graffitis de modo a demonstrar o seu valor e para provarem assim que são leais ao gang.

Os membros de um gang usam normalmente alcunhas para se identificarem, e é comum estas alcunhas aparecerem no graffiti. O graffiti é usado para promover ou fortalecer os nomes e reputação de gangs e dos seus membros. Em alguns casos, os seus membros chegam a usar graffitis para denunciar crimes por eles cometidos. Também não é incomum encontrar graffitis em cenas de crimes.