Os graffitis feitos pelos etiquetadores cresceram a um ritmo alarmante na maioria das cidades dos EUA. Aparece agora por vezes mesmo nas áreas mais chiques e de comércio das grandes cidades. Os membros dessa comunidade ficam muitas vezes confusos a inicio pelo facto da sua zona estar a ser invadida por membros de gangs.

Os etiquetadores não são contudo membros de gangs. Na sua maioria os etiquetadores são menos violentos do que os membros de gangs mas por vezes têm armas. Os etiquetadores não pintam normalmente por cima dos graffitis de outras equipas de etiquetadores. Mas os etiquetadores são os responsáveis pela maior parte dos graffitis em muitas comunidades. “Batalhas” e “guerras” entre equipas de etiquetagem são comuns mas normalmente não recorrem à violência para resolver os seus atritos. Duas